sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

# Nostalgia, solidão

Aqueles momentos, em que te sentes sozinho. 
Mesmo que a rua esteja cheia de gente, é como se estivesses num deserto!
Pois é... é exactamente assim, que me sinto muitas vezes!
É uma nostalgia tremenda, que invade o meu corpo e permanece nele durante, sei lá... alguns minutos, algumas horas... 
Tudo à nossa volta, torna-se num lugar desconhecido, como se estivéssemos ali pela primeira vez.
A este lugar, junta-se o silêncio que preenche cada célula do nosso corpo.
Tudo isto, vem provocar em nós um mau estar desagradável, que nós próprios não o conseguimos interpretar.
Não passamos de um grãozinho de areia, nesta vida terrena.